Home»Desporto»Detalhe
 
IX Torneio Aberto de Ténis de Mesa

No âmbito das suas atividades para o corrente ano, o Pelouro do Desporto vai promover, no próximo dia 14 de janeiro, domingo, com início às 9:00 horas, no auditório do SBN (rua de S. Brás, 444 - Porto), o seu IX Torneio Aberto de Ténis de Mesa, em masculinos e femininos. Poderão participar sócios do SBN no ativo e reformados, assim como seus familiares diretos, beneficiários do SAMS.

O ténis de mesa ou mesatenismo foi criado em Inglaterra no século XIX onde era conhecido como ping pong, até se tornar uma marca registada e por isso mudou-se o nome na Europa para ténis de mesa, sendo o nome ping pong atualmente usado apenas para fins recreativos.

É um dos desportos mais populares do mundo em termos de número de jogadores, assim como sendo uma das mais novas modalidades olímpicas. O ténis de mesa é conhecido como sendo o desporto com o tipo de bola mais rápida do mundo e o que tem a raqueta que mais produz efeito (rotação) na bola.

A inscrição é gratuita e deverá ser efetuada até ao próximo dia 11 de janeiro de 2018, utilizando o destacável junto, o qual deverá ser entregue ou remetido para:
Sindicato dos Bancários do Norte, Loja de Atendimento, rua da Fábrica, nº 81
4050-247 Porto
Telefs. 223398800/48/17/09/05
Fax: 223398877; e email:sag@sbn.pt

Saudações Sindicais
A DIREÇÃO



Para mais informação, consulte o documento em anexo:
- Circular 108 (Formato PDF)

Ténis de Mesa

O ténis de mesa dominado pelos asiáticos, em especial pelos mesatenistas chineses, surgiu em Inglaterra no século XIX. Imitando o jogo de ténis num ambiente fechado, objetos do dia-a-dia eram usados como equipamento: uma fileira de livros poderia ser usada como rede, uma rolha de garrafa como bola e uma caixa de charutos como raqueta.

A popularidade do jogo fez com que as empresas de brinquedos iniciassem a venda de equipamentos comercialmente. As raquetas antigas eram muitas vezes feitas de madeira que gerava muito barulho, criando o nome ping pong. A partir daí o nome ping pong foi largamente usado até que a empresa inglesa J. Jaques registrou marca em 1901 e então os outros fabricantes passaram a usar o nome ténis de mesa. O mesmo ocorreu nos Estados Unidos onde Jaques vendeu os direitos do nome ping pong para os Parker Brothers.

Uma inovação importante veio com James Gibb, um inglês apaixonado pelo jogo, que descobriu umas bolas de celulóide numa viagem aos Estados Unidos em 1901 e achou que seriam ideais para o jogo. Logo em seguida, em 1903, E.C. Goode inventou uma versão moderna da raqueta, com uma borracha colada sobre a lâmina de madeira.

A popularidade do ténis de mesa cresceu em 1901 quando torneios foram organizados, livros foram escritos e um Mundial não oficial ocorreu em 1902. Em 1921, foi criada uma Associação de Ténis de Mesa e, logo em seguida, a Federação Internacional de Ténis de Mesa (ITTF) em 1926. Londres sediou o primeiro Mundial em 1927. Mas só em 1988, em Seul o desporto se tornou Olímpico.

No fim de 2000, as antigas bolas de 38 mm foram oficialmente trocadas pelas de 40 mm. Tal medida foi tomada para aumentar a resistência do ar sobre a bola e efetivamente tornar o jogo mais lento. Já naquela os jogadores começaram a aumentar a expessura da esponja da borracha tornando o jogo mais rápido. Há 2 anos, as bolas deixaram de ser de celuloide passando a plástico, mas a sua velocidade continua a fazer desta modalidade uma das maiores do mundo.

Popularidade

O ténis de mesa é muito popular na China sendo o segundo desporto em popularidade. O país possui cerca de alguns milhões de praticantes federados. Tal popularidade é fruto da massificação promovida pelo líder comunista Mao Tse-Tung devido à adaptação do desporto a espaços reduzidos, ideal para o país mais populoso do mundo.

No mundo, estima-se que há mais 300 milhões de praticantes ocasionais e cerca de alguns milhões de praticantes federados distribuídos entre 186 federações filiadas à ITTF, a Federação Internacional de Ténis de Mesa.

O Campeonato Mundial de Ténis de Mesa começou a ser disputado em 1926, sendo, de forma geral, disputado anualmente até o ano de 1957, com excepção para o ano de 1927 e os anos entre 1940 e 1946 aquando da Segunda Guerra Mundial. Neles são disputados os eventos de singulares e de pares, nas categorias feminino e masculino.

Desde 1957 os Mundiais são disputados a cada dois anos e a partir de 2003 o evento de singulares e de pares é disputado separado do evento de equipes. Dessa forma, os Campeonatos Mundiais de singulares e de pares são disputados nos anos ímpares e os Campeonatos Mundiais de Equipes são disputados nos anos pares.

O jogador que mais vez se consagrou Campeão Mundial Individual foi Viktor Barna, nascido na Hungria, com cinco conquistas. Ele foi vencedor nos anos de 1930 e de 1932 à 1935.

No fim da década de 80 e até o início da década de 90, o grande destaque ficou entre os europeus, especialmente os suecos que quebraram a hegemonia de domínio chinês neste desporto. O símbolo maior dessa era foi o sueco Jan-Ove Waldner que foi 2 vezes campeão mundial e único não oriental a conquistar o ouro olímpico no ténis de mesa.

Na atualidade o atleta Chinês Ma Long é o nº 1 do Ranking Mundial. O primeiro atleta europeu é Dimitri Ovtcharov número seis do Ranking Mundial. Marcos Freitas 16º no Ranking Mundial é o mesatenista português mais conceituado.

A atleta chinesa Ning Ding é a nº 1 mundial, estando a lusochinesa Fuyu colocada na 38º posição.

Registe-se, por fim, que Portugal foi campeão europeus por equipas em Lisboa, 2014 e possui 3 atletas classificados nos primeiros 40 lugares do Ranking Mundial.

     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN