Home»Detalhe de Notícias
 
Sindicatos continuam a atuar na defesa dos trabalhadores do BST

Mais Sindicato, SBC e SBN continuam fortemente empenhados na defesa intransigente de todos os trabalhadores do Banco Santander Totta (BST) e têm atuado na resolução de problemas.

Os Sindicatos dos Bancários da UGT têm acompanhado diariamente muitas situações relatadas pelos trabalhadores do BST, o que permite atuar imediata e eficazmente na resolução de várias questões, nomeadamente na correção de valores de indemnizações mal calculadas ou na transformação de propostas de RMA em propostas efetivas de reforma antecipada, bem como na recolocação de trabalhadores de balcões encerrados noutras unidades orgânicas, entre outras.

Relativamente ao Plano + 55, chegou aos Sindicatos a informação de que os bancários abrangidos não foram ainda contactados na sua totalidade, pelo que esta situação mantém-se em aberto.

Reiterando que não permitirão qualquer tipo de pressão ou imposição para aceitação de propostas contrárias aos anseios e expectativas dos trabalhadores, MAIS, SBC e SBN apelam a todos os sócios para que contactem os respetivos Sindicatos, de forma a que em conjunto seja possível encontrar a melhor solução para todos e cada um.

Empenho

MAIS, SBC e SBN mantêm a firme convicção de que qualquer processo de despedimento coletivo é completamente errado, desajustado e inadequado à realidade do Banco Santander Totta, pelo que a Administração terá de continuar a discutir com os Sindicatos a melhor solução para os trabalhadores.

Posição que tem sido repetida aos interlocutores do banco nas diversas reuniões conjuntas.

Todo o empenho colocado em cada negociação e reunião com o BST levará a uma evolução positiva e à proteção dos trabalhadores, consideram os Sindicatos

MAIS, SBC e SBN continuarão, como sempre, na linha da frente na defesa de todos os trabalhadores.


As Direções


09/06/2021


Descarregue o comunicado aqui.


     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN