Home»Detalhe de Notícias
 
NEGOCIAÇÃO COLETIVA 2020 - ICs apresentam uma evolução na proposta de aumentos salariais

SBN, SNQTB e SIB entendem que, apesar da evolução da proposta de aumentos salariais das Instituições de Crédito para um valor de 0,3%, o mesmo é manifestamente insuficiente para que as partes possam chegar a um acordo.

O SBN, SNQTB e SIB entendem que apesar de ter existido um aproximar de posições, a contraproposta feita pelas Instituições de Crédito (IC's) na última reunião do processo de revisão para 2020 do ACT, continua a ser manifestamente insuficiente para que as partes possam chegar a um acordo na tabela salarial, nas pensões de reforma e das cláusulas de expressão pecuniária.

Apesar do estado pandémico que atravessamos e que veio alterar de sobremaneira todo o contexto económico mundial, estes Sindicatos demonstraram às IC's que estas têm condições financeiras para que os aumentos salariais de 2020 sejam mais expressivos e significativos para os Bancários.

Fizeram notar, estes Sindicatos, que o custo de vida dos portugueses em geral e dos Bancários em particular tem subido de forma muito acelerada, nomeadamente no custo dos bens alimentares bem como o valor das refeições na restauração, mas também, por exemplo, ao nível dos custos com a educação dos nossos filhos, nomeadamente na compra de máscaras e álcool gel para os tentar proteger da pandemia de Covid-19.

Assim, SBN, SNQTB, e SIB, continuam a defender que além da tabela salarial, o subsídio de almoço e o subsídio de apoio à natalidade devem refletir aumentos mais significativos do que os propostos pelas IC's.

De salientar que ao nível do clausulado, foram feitos alguns avanços em algumas matérias que muito provavelmente terão novo enquadramento ao nível do ACT, como por exemplo, o assédio no local de trabalho, o direito à desconexão e o teletrabalho. No entanto as IC's continuam bastante resistentes em aumentar a proteção dos seus trabalhadores no que se concerne às suas garantias, nomeadamente, em matéria de alteração de local de trabalho.

O SBN, SNQTB, e SIB estão fortemente empenhados em fechar rapidamente os valores da tabela salarial, das pensões de reforma e das cláusulas de expressão pecuniária, pelo que não descartam o recurso a outros processos legalmente previstos para que esse entendimento seja possível de ser alcançado.

Estes Sindicatos assumem as suas responsabilidades e deveres privilegiando sempre o direito a uma negociação coletiva, séria, justa e que vá de encontro à defesa dos direitos e promoção dos legítimos interesses dos seus associados e trabalhadores, particularmente face ao inegável mérito e dedicação dos Bancários na situação que o país atravessa.




13/10/2020


     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN