Home»Detalhe de Notícias
 
Festa de S. Martinho

Destinado a todos os sócios do SBN e seus familiares, a Comissão Sindical de Reformados, com a colaboração e apoio da Direção, irá promover, no próximo dia 17 de novembro, sábado, na Quinta do Restaurante "O Albertino", em Folgosinho, Gouveia, o Magusto de S. Martinho, cujo programa passamos a descrever:

Programa:

08H00
- Partida dos autocarros do Porto, junto à Câmara Municipal do Porto, com viagem até a Folgosinho, em Gouveia;
- Breve paragem na área de serviço de Vouzela, na A25;
- Paragem e visita livre em Gouveia, até às 12:30 h;

13H00
- Almoço (entradas diversas, sopa da horta, 3 pratos servidos (javali, borrego coelho), bebidas correntes, fruta ou doce, café e digestivos);

15H30
- Tarde dançante com musica ao vivo;
- Bar aberto, nas mesas, durante a tarde (águas, sumos, cerveja e vinho)

18H30
- Lanche (caldo verde, leitão e castanhas assadas);
- Regresso ao Porto em hora a designar.


Preço por pessoa, (inclui almoço, lanche e transporte):
- Sócios/Cônjuge/Filhos (*): 25,00 €
- Acompanhantes: 27,50 €
- Crianças: até aos 4 anos grátis e dos 5 aos 10 anos € 12,50.

(*) - Entende-se por agregado familiar, única e esclusivamente, os familiares do beneficiário registados nos SAMS, excluindo os utentes .

Esta iniciativa realiza-se com um mínimo de 50 e um máximo de 150 pessoas e as inscrições deverão ser efetuadas na Loja de Atendimento do S.B.N. (rua da Fábrica, 81, 4050–151 Porto), até 9 de novembro de 2018. Desistências, com garantia reembolso, até 12 de novembro.

Para mais informações contactar a Loja de Atendimento do S.B.N. através dos telefones 223 398 809/17/05.




Para mais informação, consulte a circular em anexo:
- Circular 75 (Formato PDF)

O MAGUSTO

O Magusto é uma festa popular, cujas formas de celebração divergem um pouco consoante as tradições regionais. Grupos de amigos e famílias juntam-se à volta de uma fogueira onde se assam castanhas ou bolotas para comer, bebe-se a jeropiga, água-pé ou vinho novo, fazem-se brincadeiras, as pessoas enfarruscam-se com as cinzas, cantam-se cantigas. O magusto realiza-se em datas festivas: no dia de São Simão, no dia de Todos-os-Santos ou no dia São Martinho. Inúmeras celebrações ocorrem não só por Portugal inteiro mas também na Galiza (onde se chama magosto, em galego) e nas Astúrias.
A celebração do magusto está associada a uma lenda, a qual dizia que um soldado romano de nome Martinho de Tours (mais tarde conhecido como São Martinho), ao passar a cavalo por um mendigo quase nu, como não tinha nada para lhe dar, cortou a sua capa ao meio com a sua espada; estava um dia chuvoso e diz-se que, neste preciso momento, parou de chover, derivando daí a expressão: "Verão de São Martinho".

S. MARTINHO

O Dia de São Martinho é celebrado anualmente a 11 de novembro.
Este dia é uma das celebrações que marcam o outono e a tradição exige celebrar-se a data com um magusto.

História de São Martinho

Martinho de Tours foi um militar, monge, bispo e santo católico, nascido a 316 e falecido a 397.
A lenda de São Martinho conta que certo dia, um soldado romano chamado Martinho, estava a caminho da sua terra natal. O tempo estava muito frio e Martinho encontrou um mendigo cheio de frio que lhe pediu esmola. Martinho rasgou a sua capa em dois e deu uma metade ao mendigo. De repente o frio parou e o tempo aqueceu. Este acontecimento acredita-se que tenha sido a recompensa por Martinho ter sido bom para com o mendigo.
A tradição do Dia de São Martinho é assar as castanhas e beber o vinho novo, produzido com a colheita do verão anterior.
Por norma, na véspera e no Dia de São Martinho o tempo melhora e o sol aparece, tal como sucedeu com São Martinho. Este acontecimento é conhecido como o Verão de São Martinho.
São Martinho tornou-se no padroeiro dos mendigos, alfaiates, peleteiros, soldados, cavaleiros, curtidores, restauradores e produtores de vinho.

     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN