Pesquisa

ok
Home»Nortada»Nortada Detalhe
 
Aos trabalhadores do Montepio Geral

No prosseguimento de anteriores comunicações sobre as negociações a decorrer com a Caixa Económica do Montepio Geral (CEMG) para a assinatura de um acordo coletivo de trabalho (ACT), a Direção do Sindicato dos Bancários do Norte vem junto dos associados esclarecer os seguintes pontos:

1) a Direção do Sindicato dos Bancários do Norte é claramente favorável à assinatura do acordo, pela importância que tem para o dia a dia dos trabalhadores da CEMG, ao mesmo tempo que, desta forma e enquanto o mesmo vigorar, a instituição, que agora se encontra em processo de reestruturação, se compromete a não recorrer a rescisões unilaterais por despedimento coletivo;

2) na reunião de 28 de novembro, a Direção decidiu que, dada a importância das matérias em apreço e apesar de ter convocado reuniões para toda a área sindical do SBN em que os associados participaram, os trabalhadores abrangidos pelo presente ACT deveriam ser auscultados para, de forma clara e inequívoca, manifestarem as suas posições;

3) assim, um folheto explicativo das alterações mais significativas do clausulado, bem como os boletins de voto, serão enviados para casa dos associados, que deverão proceder ao envio nos moldes indicados no verso deste comunicado.

Recordamos a importância de que o processo se reveste para todos os trabalhadores da CEMG, Montepio Crédito e Montepio Valor, para que estes deixem que outros decidam por si.

O Sindicato dos Bancários do Norte e a sua Direção, nos termos estatutários, tem poderes para subscrever a presente convenção, mas não o quer fazer se for essa a vontade dos associados. Todavia, não queremos deixar de relembrar que, com a assinatura da mesma, estaremos a evitar que a CEMG possa recorrer a outros processos para diminuir o quadro de pessoal.

A ser aprovado, o presente processo negocial prevê o congelamento da tabela salarial entre 1 de janeiro de 2016 e 31 de dezembro de 2017, findo o qual a CEMG passa a aplicar a tabela que na altura estiver em vigor para os bancos subscritores do ACT do setor bancário.

O resultado da consulta

Votaram 172 trabalhadores, de que resultaram 142 votos sim, 19 não e 4 brancos, enquanto 7 foram anulados por falta de identificação.

Verificou-se assim que uma esmagadora maioria de trabalhadores deu o seu acordo ao projeto negociado com aquelas instituições de crédito, sufragando desta forma as posições ao longo de todo o processo assumidas pelo Sindicato dos Bancários do Norte. Restou a aprovação pelo órgão estatutário – o Conselho Geral –, o que veio a verificar-se no passado dia 29 de dezembro, para se proceder à publicação do acordo no Boletim de Trabalho e Emprego, entrando de seguida em vigor. Aos nossos associados queremos deixar uma palavra de estímulo e, simultaneamente, de agradecimento, pela forma como, nas diversas reuniões que efetuamos, participaram, sugerindo propostas e discutindo todo o processo de forma aberta e construtiva.

     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN