Pesquisa

ok
Home»Nortada»Nortada Detalhe
 
As mulheres e a igualdade salarial

Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), num documento que conclui, entre outras matérias, que as trabalhadoras com filhos ganham, por norma, menos dinheiro e que a igualdade de remuneração entre homens e mulheres só será atingida em 2086.
Ainda segundo aquela organização, as mulheres ganham em média 77 por cento do que os homens recebem e a diferença salarial persiste para todas as mulheres, com ou sem filhos.
Alem disso, e apesar de mais países terem ratificado as normas internacionais, a OIT reconhece que as “mulheres ainda enfrentam discriminação frequente e desigualdade no trabalho”, e que têm um poder limitado em termos de negociação e de tomada de posições, já que detêm a responsabilidade pela maior parte do trabalho doméstico não remunerado.

     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN