Pesquisa

ok
Home»Nortada»Nortada Detalhe
 
Geração “à rasca”

O sonho europeu permitiu que esta geração ficasse “à rasca” e a culpa é de todos nós e principalmente de quem geriu o destino do país nas duas últimas décadas.
Aos mais velhos criaram a ilusão da sua sustentabilidade (direito à reforma), pelo contributo que prestaram ao país. Agora são alvo fácil de voracidade fiscal imposta pelo Governo e atirados para a solidão cada vez mais acentuada por razões óbvias de abandono familiar e do próprio Estado, que os vê como um alvo a abater.
Aos jovens criaram a ilusão que quanto mais alta fosse a sua habilitação académica, seria mais fácil a sua integração no mundo laboral. O resultado está à vista: desemprego jovem de licenciados com taxas altíssimas e precariedade de trabalho que atravessa toda a sociedade, em todos os setores.
Em síntese: toda esta situação que não é fácil, fosse a vontade política com plenos direitos, capaz de exercer a sua governação conforme se apresenta ao país em tempo de eleições sem distorções da realidade, solucione os problemas, através de uma economia que funcione, virada para as empresas e ao serviço dos cidadãos. A nível nacional, que dê prioridade à criação de emprego, ao apoio social, à natalidade, ao combate à desertificação, à saúde, à educação, à justiça. Infelizmente, quando eleitos, todos estes princípios e direitos se esbatem no ataque feroz aos mais fracos e politicamente alimentam clientelas partidárias, ou seja, os mais ricos e os mais poderosos. É esta política, que nos leva ao grito de revolta da geração “à rasca”.


Goretti Santos
     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN