Pesquisa

ok
Home»Nortada»Nortada Detalhe
 
CES: manifestação europeia em 4 de abril

A atual crise não pode ser resolvida sem sólida base social

A União Europeia não sairá da crise enquanto continuar a ignorar as reais necessidades dos cidadãos, segundo prevê a Confederação Europeia de Sindicatos (CES): “ Os dirigentes da UE continuam a comprometer o projeto europeu, prolongando a crise financeira e social e esquecendo-se de milhões de pessoas através de toda a União.” Assim, a CES anunciou que terá lugar uma manifestação sindical em Bruxelas no dia 4 de abril, no momento em que o Parlamento Europeu se preparará para eleger os novos membros. Recorde-se que a confederação lançou recentemente a campanha “Uma Nova Via para a Europa”, expondo as grandes linhas de um audacioso plano de investimentos para a UE, baseado numa política industrial duradoura e em empregos de qualidade.

Por outro lado, apresentou um manifesto para as eleições do Parlamento Europeu, apelando aos candidatos para que apoiem a dimensão social da UE e para que rejeitem qualquer tentativa de continuidade das políticas de redução dos salários e de afetação das condições de trabalho: “Nós, movimento sindical europeu, não acreditamos que a crise esteja terminada. A questão que devemos colocar é: quem é que dela saiu? O sistema financeiro, ou as pessoas? A dimensão social da União está extremamente fraca. Os cidadãos não estão de acordo com a via escolhida pela UE. Não verão uma tal Europa com benevolência se ela não mudar de rumo. Os responsáveis políticos devem provar que protegerão os trabalhadores; não se trata unicamente da liberalização do mercado, mas também da proteção social.”

     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN