Pesquisa

ok
Home»Nortada»Nortada Detalhe
 
Em 9 de abril, vamos votar

"É proibido não rir dos problemas,
Não lutar pelo que se quer,
Abandonar tudo por medo,
Não transformar sonhos em realidade
Ter medo da vida e dos seus compromissos,
Não viver cada dia como se fosse o último suspiro"

Pablo Neruda


No dia 9 de abril, votar é preciso! Todos somos necessários, para que, uma vez mais, não subsistam quaisquer dúvidas sobre a força dos bancários do norte, unidos em torno da sua associação de classe. Em 9 de abril todos nos pautaremos pelo orgulho de sermos sócios de um dos sindicatos mais carismáticos da Europa. No momento de votarmos, o nosso pensamento deverá estar motivado pela força da unidade e não por divisões conjunturais.

Do ato eleitoral sairão os corpos gerentes que conduzirão os destinos do sindicato para um quadriénio que se antevê particularmente difícil, face às crescentes ameaças de despedimentos na banca e a uma crise social e económica balanceada por medidas de austeridade que asfixiam cidadãos, famílias e empresas, num ciclo vertiginoso cuja imprevisibilidade inunda de angústia o conjunto da sociedade. Em democracia não são desejáveis unanimismos. Não será isso, pois, o que se espera do "day after" do 9 de abril.

Mas a estrada a percorrer é cada vez mais estreita, dando também cada vez menos espaço a desgastantes e inúteis querelas intestinas. Os inimigos dos bancários não são os bancários: são os capitalistas, os banqueiros e, claro, os serventes do patronato, organizados em “sindicatos” mas cuja função é a de espalhar buquês de coloridas flores à passagem dos seus administradores, traindo assim os colegas que deveriam defender.

O SBN - todos nós, afinal - vai ter pela frente um caminho difícil. Mas temos de sonhar que é possível vencê-lo. Como diz António Gedeão, "o sonho é uma constante da vida". E, como confirma Pablo Neruda: "É proibido não transformar sonhos em realidade."


Firmino Marques

     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN