Pesquisa

ok
Home»Nortada»Nortada Detalhe
 
BPN: reunião para discutir privatização

Os secretários de estado das Finanças e da Administração Pública receberam, no dia 22 de julho, dirigentes da UGT e dos sindicatos da Febase, para discutir a privatização do BPN e o impacto nas relações laborais e na negociação coletiva.
O secretário-geral da UGT e os representantes ao mais alto nível dos sindicatos dos bancários do Centro, do Norte e do Sul e Ilhas, acompanhados pelo Secretário Geral da Federação do Setor Financeiro (Febase) e ainda pelo coordenador da comissão de trabalhadores do BPN, foram recebidos pela secretária de Estado do Tesouro e das Finanças e pelo Secretário de Estado da Administração Pública. No final da reunião, a Febase emitiu o seguinte comunicado:

"Sindicatos da UGT discutem BPN

A UGT, representada pelo Secretário Geral e por dirigentes dos sindicatos da Federação do Setor Financeiro (SBSI, SBN, SBC e STAS), reuniram-se em 22 de julho com a secretária de estado do Tesouro e das Finanças e com o secretário de estado da Administração Pública, para discutir o futuro do BPN. A delegação sindical era composta, para além de João Proença, Secretário Geral da UGT, por Rui Riso e Horácio Oliveira, Presidente e Vice Presidente do SBSI, Mário Mourão e Pereira Gomes, Presidente e Vice Presidente do SBN, Carlos Silva, Presidente do SBC, Carlos Marques, Presidente do STAS e atual Secretário Geral da FEBASE e ainda Nuno Lemos, coordenador da CT do BPN.

Os sindicatos sublinharam que é fundamental a manutenção do emprego e a defesa da negociação coletiva. Em contrapartida, o Governo referiu que decidiria até 31 de julho sobre o futuro do BPN, embora a concretização da decisão demore necessariamente algum tempo. Nos termos da proposta da UGT, o Governo comprometeuse a que, na decisão sobre a privatização, terá necessariamente em atenção, para além dos critérios financeiros e económicos, os critérios sociais, em particular o emprego.

Os Sindicatos, defenderam a garantia da sustentabilidade do Fundo de Pensões e a discussão futura sobre a implementação da decisão, quer com o Governo quer com a Caixa Geral de Depósitos (que está encarregada de conduzir o processo). Foi também abordada a questão das privatizações de empresas do Grupo CGD, em particular do setor segurador, tendo a UGT e os seus sindicatos exigido um diálogo que integre também a área seguradora do BPN.

Na delegação sindical, participou o Coordenador da Comissão de Trabalhadores do BPN, traduzindo o compromisso dos Sindicatos da UGT (que têm sindicalizados cerca de 80% dos trabalhadores do BPN) de conduzir o processo em unidade. Reafirmamos aos trabalhadores a nossa determinação na defesa dos postos de trabalho do BPN, instituição que integra o setor financeiro, fundamental para o desenvolvimento económica e social do País."

     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN