Pesquisa

ok
Home»Nortada»Nortada Detalhe
 
Velhice

Carlos Pereira

A velhice não é senão o momento
Do tempo que ainda sobra;
Desfiar de memórias, lamento,
D’aquilo que a vida cobra.

Quem das tormentas o cabo dobra,
Colhendo desse feito, ensinamento;
Molda o barro da vida, cria obra,
E do pão da sabedoria, alimento.

O passado é o seu ancoradouro,
Donde o barco teima cumprir a rota
Do desígnio que lhe coube em sorte.

Do seu olhar o brilho ainda é d’ ouro,
Cúmplice d’um grande amor que se nota;
De tão grande, viverá depois da morte.

     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN