Pesquisa

ok
Home»Nortada»Nortada Detalhe
 
Montepio Geral garante postos de trabalho no Finibanco

Em reunião com a Febase, a administração do Montepio Geral adiantou ao Secretariado que a situação decorrente da aquisição do Finibanco não põe em causa os postos de trabalho naquela instituição, embora possa ser necessário proceder a alguns ajustamentos. Do processo de aquisição poderá resultar um número excedentário de trabalhadores, adiantou a administração do Montepio, que se mostrou disponível para analisar todas as situações, caso a caso, reorrendo, nomeadamente, a algumas pré-reformas e a ajustamen- tos relativamente ao local de trabalho. Por outro lado, foi adiantado que a marca Finibanco vai desaparecer, com excepção de Angola.

Tabela salarial
Na reunião, a Febase questionou ainda a administração sobre ma- téria salarial e os direitos sociais, nomeadamente se a chamada “tabela Montepio” iria ser aplicada aos trabalhadores oriundos do Finibanco. A administração esclareceu que foi já constituída uma comissão para estudar o sistema remuneratório e que só quando estiver na posse das conclusões tomará uma decisão sobre a matéria. No entanto, adiantou que, para já, não está nos objectivos da instituição estender a aplicação da referida tabela. A Febase alertou para a instabilidade interna que poderá sentir-se se a instituição optar por uma política de injustiça social, assente na discriminação salarial baseada na origem dos trabalhadores – argumento a que a administração se mostrou sensível.

Direito aos SAMS
A Febase chamou ainda a atenção da administração do Montepio Geral para o facto de o Finibanco ter trabalhadores inscritos no Regime Geral de Segurança Social sem a respectiva majoração de salários, enquanto outros não estão inscritos nos SAMS. Em qualquer das situações, existe da parte da administração do Finibanco o compromisso, por escrito, de que todos os casos iriam ser resolvidos. A resposta da administração foi clara: o Montepio Geral irá cumprir integralmente o ACT do sector bancário.

Trabalhadores dos seguros
Na reunião, as partes abordaram ainda a situação dos trabalhadores do sector segurador que recentemente integraram o Grupo Montepio Geral. A Febase quis informações concretas e aprofundadas sobre a situa- ção laboral dos trabalhadores da empresa Real Seguros.

Reuniões com trabalhadores
Para análise de todas as situações, a Febase vai promover reuniões com os trabalhadores do Finibanco e da Real Seguros ainda este mês: dia 25 em Lisboa, no dia seguinte em Coimbra e a 27 no Porto.

     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN