Pesquisa

ok
Home»Nortada»Nortada Detalhe
 
Europa regressa ao desemprego massivo

“A Europa deve adoptar um posicionamento conveniente face ao desemprego. Por isso reclamamos um novo acordo social na UE que promova a justiça social em prol de empregos mais numerosos e de melhor qualidade”. Este é o ponto fulcral de uma declaração emitida pela Confederação Europeia de Sindicatos (CES), em resultado de uma conferência internacional. O documento, cujo duplo objectivo é o de “combater a crise e ganhar o futuro”, enfatiza os pontos que a seguir transcrevemos.

- Empregos mais numerosos e de melhor qualidade: investir num vasto plano europeu de relançamento, a fim de conferir um novo elã em prol do crescimento e do emprego.
- Sistemas de protecção social mais fortes, a fim de garantir mais segurança e de evitar a exclusão social.
- Direitos mais fortes para os trabalhadores e o fim da preponderância do princípio de emprego de curto prazo.
- Melhores salários, com o reforço da negociação colectiva. É necessário rejeitar o congelamento dos salários e a redução do salário nominal e das pensões.
- Solidariedade europeia como protecção contra os excessos do capitalismo financeiro: é essencial implantar uma regulamentação efectiva dos mercados financeiros e uma distribuição equitativa da riqueza, bem como evitar um regresso ao “capitalismo de casino” ou ao status quo dos últimos vinte anos.

 

     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN