Pesquisa

ok
Home»Nortada»Nortada Detalhe
 
Breves

Portugal irá recuperar mais depressa do que Espanha
Se as previsões de crescimento do FMI se concretizarem, o abrandamento da economia portuguesa será menor do que o registado em Espanha e Portugal sairá mais depressa da situação de recessão.

22 empresas investigadas desde Janeiro

por encerramento fraudulento Só no primeiro trimestre deste ano, a Autoridade para as Condições no Trabalho (ACT) instaurou 22 processos-crime por suspeita de fraude no fecho de empresas, a coberto da aplicação da lei do despedimento colectivo. A ACT está a acompanhar de perto casos suspeitos de aproveitamento da crise para justificar despedimentos colectivos sem qualquer comunicação aos trabalhadores.

Banco Popular fecha 300 balcões
Para compensar as dificuldades criadas pelo actual ambiente económico, o grupo Espanhol Banco Popular prevê encerrar cerca de 300 balcões entre este e o próximo ano.

Taxas Euribor registam forte queda

As taxas Euribor voltaram a cair depois de o Banco Central Europeu (BCE) ter reduzido, na sua reunião mensal, a respectiva taxa de juro.A continuação da deterioração económica mundial e a expectativa de que, por isso, o BCE possa, num futuro próximo, voltar a reduzir a taxa, pesa também na fixação das taxas interbancárias.

Gordon Brown defende: Sistema bancário precisa de “limpeza e arrumação urgente

” O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, pediu aos membros do “G20” que definam princípios internacionais para regular as remunerações do sector bancário. Brown defendeu que é “urgente limpar e arrumar” o sistema bancário e deverá apresentar uma proposta de código global sobre os salários dos executivos do sector, que não permita o pagamento de bónus que encorajem os riscos e estratégias a curto prazo

Autoridades chinesas vêem sinais de recuperação na economia
O ministro chinês da Comissão Nacional de Reforma e Desenvolvimento, Zhang Ping, garantiu que o país revela já sinais de recuperação, em especial no consumo e investimento. Pelo mesmo diapasão afina o presidente do Banco Nacional da China, Zhou Xiaochuan, que se manifestou optimista na estabilização e reactivação da economia.

PJ apreende um milhão de dólares falsos
Após aturadas investigações, a Polícia Judiciária apreendeu em Chaves cerca de um milhão de dólares em notas falsas. Segundo aquela polícia, as notas apreendidas apresentavam uma qualidade invulgar neste tipo de contrafacção.

Advertência do Banco Mundial:
Os países em desenvolvimento enfrentam falta de liquidez superior a 700 mil milhões de dólares (552 mil milhões de euros) para pagar as importações e cumprir o pagamento das dívidas este ano.

OCDE assinala agravamento das sete maiores economias mundiais

De acordo com o indicador compósito mensal da Organização da Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), as sete maiores economias mundiais continuaram a enfraquecer em Janeiro, caindo para um novo mínimo, não podendo prever o fim da recessão mundial. O mesmo relatório assinala ainda a deterioração das economias exteriores à OCDE, como o Brasil, a China, a Índia e a Rússia.

Zona Euro: economia pode contrair-se 3,2% este ano
Jean-Claude Trichet, presidente do Banco Central Europeu, anunciou que aquela instituição espera uma contracção do PIB da zona euro entre 2,2 e 3,2% em 2009. Para 2010, o BCE prevê uma variação que poderá situar-se entre uma contracção de 0,7% e um crescimento de 0,7%. Trichet adiantou ainda que a inflação pode cair de forma acentuada nos próximos dois meses, podendo mesmo entrar em terreno negativo.

Banqueiros centrais reúnem-se no Porto

Com a presença de Teixeira dos Santos, os ministros das Finanças e os banqueiros centrais dos países membros da Conferência Ibero- Americana reuniram-se no Porto, para preparar o próximo encontro do G20. Na sessão inaugural do encontro, Teixeira dos Santos frisou ser necessário “combater medidas proteccionistas”, bem como expandir e diversificar “os fluxos de comércio e investimento internacionais”.

Homens mais descrentes do que as mulheres

Segundo a psicóloga espanhola Marra Jesús Reys, “40% dos casos de ansiedade e depressão da população estão relacionados com trabalho”. No lançamento em Portugal do livro “Trabalhar sem Sofrer”, Marra Jesús Reys lembra que os problemas no emprego envenenam todas as áreas da vida e que “mais de metade dos casais que procura terapia o fazem por causa de problemas profissionais”. Um estudo feito pela sua equipa, com 1500 participantes, concluiu que a principal queixa dos homens era a pressão, causada pelo medo do desemprego.
     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN