Pesquisa

ok
Home»Nortada»Nortada Detalhe
 
Literatura de cordel

Li algures que a literatura de cordel remonta ao século XVI, mas que foi o erudito Teófilo Braga que tal expressão literária usou e introduziu entre nós, a qual terá vindo de Espanha como ‘pliegos de cordel’. Este fenómeno viajou para o Brasil onde alcançou uma implantação tal, que se constituiu uma academia de autores cordelistas.
Dos folhetos que estavam presos à própria roupa dos vendedores, que andavam pelas ruas, pelas feiras e pelas aldeias.
Daí chegou-se aos quiosques onde estavam presos por barbantes, aos romancinhos cor-de-rosa, à banda desenhada, aos romances policiais e do oeste, pelo que até escritores de nomeada, se escondiam em pseudónimos, escrevendo textos de consumo imediato, a fim de ganharem algum dinheiro extra.
Tivemos entre nós, por exemplo, Camilo Castelo Branco e Alice Ogando.

Por José Amaral

     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN