Pesquisa

ok
Home»Nortada»Nortada Detalhe Março e Abril 2018
 
“Põe-te andar, pela tua saúde …”

Caminhada “P’la rota das salinas da Figueira da Foz”

No passado dia 17 de fevereiro realizou-se mais uma caminhada, que levou 66 participantes até às salinas da Figueira da Foz, junto ao estuário do Mondego, num magnífico cenário, entre terra, mar e rio.

Perto do local onde em 1808 desembarcou o exército inglês comandado por Beresford e Weslelley – no auxílio a Portugal para a expulsão dos invasores franceses –, iniciou-se a busca de histórias sobre o “ouro branco”. Os participantes começaram por visitar o Núcleo Museológico do Sal da Figueira da Foz, situado na freguesia de Lavos, onde escutaram, atentos e curiosos, uma detalhada apresentação pela responsável do museu, que falou do sal, da sua história, da relação secular do Homem com aquele território, da sua importância na economia portuguesa ao longo dos tempos e na sua utilidade na vida atual das pessoas.
Ali puderam também provar e apreciar especiarias preparadas com sal daquelas salinas, assim como adquirir produtos do sal, cuja utilidade vai das cozinhas à saúde e beleza.
A intensa chuva que caiu na noite anterior acabou por colocar inesperados obstáculos que não aconselhavam a que se percorresse integralmente a Rota das Salinas mas, mesmo assim, os intrépidos caminhantes puseram os pés ao caminho e ainda atravessaram algumas unidades com grande quantidade de compartimentos, ligados por uma intrincada rede de canais. A caminhada foi complementada com um passeio pedestre na região envolvente, que levou a conhecer os viveiros de peixe recentemente construídos, com destaque para o ex-libris, o “Pescódromo de Lavos”, o empreendimento mais moderno e original de pesca turística.
Este denodo merecia uma recompensa e por isso a viagem seguiu depois para Alfaizerão, onde estava reservado o almoço, composto por gastronomia típica da região, que muito ajudou a repor as energias despendidas pela manhã.
Após o almoço, o destino foi a Baía de S. Martinho do Porto, uma das mais belas praias do país, para admirar as belas paisagens e respirar o puro ar marinho.
Ao final da tarde e antes do regresso ao Porto, registou-se o retorno a Alfeizerão, onde aguardava um lanche, abrilhantado com animação musical, possibilitando a muitos dos participantes um animado pé de dança.
Foi mais uma salutar jornada de convívio e de, confraternização que deixou todos já a suspirar pela próxima caminhada.

     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN