Pesquisa

ok
Home»Nortada»Nortada Detalhe Maio e Junho 2016
 
Wokshop - Iniciação de pintura em vitral (2)

“Alguns autores, como Christel Deschamp, identificam a Idade Média como o período em que surgiram os vitrais na Europa, ao passo que outros apontam para origens mais remotas, principalmente com raízes na região do Oriente.
De acordo com Deschamp (1994) a prova de que terá aparecido na Idade Média é o facto de poder ser encontrado em muitas igrejas, nos séculos XII e XIII. Assim, para alguns autores, inicialmente a arte do vitral teria surgido associada ao contexto e aos motivos e conteúdos religiosos.
No século XIX, a arte do vitral voltou a ser impulsionada, tomando uma nova dimensão devido à utilização de outros motivos e à aplicação a objetos utilitários, como biombos, candeeiros, caixas, garrafas...
A marca da pintura no vitral com motivos religiosos também foi deixada no nosso país. Basta visitar algumas das mais antigas igrejas, conventos e mosteiros para a encontrar. Mais recentemente, os vitrais feitos a chumbo começaram a estar na moda.
As técnicas mais recentes derivadas do vitral, englobadas nas artes decorativas, são conhecidas por “falso vitral” ou “pintura no vidro”.
Enquanto o verdadeiro vitral é feito recorrendo a uma técnica que envolve o corte do vidro, o falso não o faz. Neste, o motivo é pintado num suporte único, que pode variar nas dimensões, mas é sempre uma só peça. Um vitral poderia ser descrito como um puzzle de pequenas peças de vidro que foram juntas para formar um motivo. No falso vitral pode ser utilizado o chumbo para contornar os desenhos ou não. É uma questão de escolha, técnica e criatividade do artista.”

Dada a elevada adesão que teve a edição do pretérito dia 14 de maio, o GRAM vai promover no próximo dia 11 de junho, nas instalações do SBN, na Rua Cândido dos Reis, 100, 3º, com início às 9h30 e fim previsto para as 18h30, uma segunda edição do workshop.
A iniciativa realiza-se com o mínimo de seis e o máximo de dez participantes e os preços, com material incluído (pincel, verniz, vitral incolor – base de todo o trabalho –, verniz de cor, transparente ou opaco, contorno de chumbo, contorno de cor, tinta de vidro, base do trabalho, vidro transparente, desenho ou motivo a pintar), são de 15 euros para sócios e agregado familiar e de 17,50 euros para acompanhantes.

     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN